O que é Marketing Viral?

O marketing viral tem por objetivo gerar compartilhamentos que alcancem o maior número de pessoas possíveis. A estratégia do marketing viral não está voltada para gerar discussões sobre determinado assunto, mas foca na disseminação do conteúdo e alcance do mesmo.


Marketing viral é uma estratégia de marketing que tem como principal objetivo atrair atenção da audiência, para que ela se interesse pelo conteúdo ao ponto de passá-lo adiante, espalhando-o de forma rápida, viralizando o mesmo.

Um conteúdo viral é aquele conteúdo que foi altamente compartilhado e reconhecido, dando visibilidade a mensagem.

A estratégia de Marketing viral é bastante utilizada por ser de baixo custo e ter muito alcance. No entanto, alguns especialistas defendem que a estratégia de marketing viral é de alto risco, pois seus resultados na maioria das vezes são imprevisíveis e podem causar reações negativas nas pessoas.

A técnica geralmente utilizada para uma estratégia de tornar algo viral são gatilhos emocionais. Ao serem ativados, tais gatilhos despertam o desejo de compartilhamento do conteúdo visto nas pessoas, espalhando para suas conexões. Esses gatilhos são ativados inconscientemente nos seres-humanos ao despertar alguma reação emocional. Quanto mais emoções positivas ou negativas despertar e mais relevância seu conteúdo tiver, mais será compartilhado, gerando assim um aumento no valor social.

De acordo com a psicologia isso ocorre porque nós precisamos responder as emoções quando elas são acionadas, chamando-nos para uma tomada de ação a respeito.

Exemplo: Um conteúdo que provoca raiva tem 34% a mais de compartilhamento que a média.

7 Tipos de conteúdo virais.

  • Artigos de blogs
  • Aplicativos
  • Quizzes/Quiz
  • Vídeos e vlogs
  • Audio/Podcast
  • Infográficos
  • Jogos

O marketing viral é bastante semelhante e muitas vezes confundido com o Buzz Marketing, por ambos terem como objetivo de chamar a atenção das pessoas, fazendo com que elas falem umas com as outras sobre a marca em questão.

Temos um artigo sobre Buzz Marketing, no blog, caso queira entender a diferença.

Mas afinal eu devo ou não investir em Marketing Viral?

O marketing viral com uma estratégia de posicionamento da marca e da cultura da empresa pode ser sim muito benéfico. Afinal, a partir do momento em que sua campanha atinge um status de viral, as chances de popularização da sua marca crescem consideravelmente. Assim também a do seu produto e serviço.

No entanto, é importante ressaltar que nem todo conteúdo irá viralizar. Nem mesmo utilizando mais de um gatilho emocional, como citado acima. Isso porque, não tem como prever como a audiência receberá seu conteúdo.

Exemplos de Marketing Viral

Nissan – Pôneis Malditos

Quem não lembra dos “Pôneis Malditos” da Nissan. Uma das campanhas que mais provocou reações no público. Quem aí ficou imune aquela musiquinha da maldição dos pôneis?

Nissan – Pôneis Malditos

E-mail do Hotmail

Uma campanha clássica foi a do e-mail do Hotmail.

Quem nunca teve ou tem um e-mail no serviço gratuito do Hotmail? Ele é tão popular que é difícil encontrar um usuário válido. E ele começou com apenas uma frase: “Get your private, free email at http://www.hotmail.com” Ou,

“Garante sua conta de e-mail privada e grátis http://www.hotmail.com

A mensagem aparecia no rodapé de quem recebia um e-mail, como um convite. Dá para imaginar quantas pessoas receberam o convite e aceitaram? Não é à toa que ele é uma das plataformas de e-mails mais utilizadas.

Quer um exemplo mais recente?

O Post mais curtido do Instagram

Ainda se lembra da foto de um Ovo que virou a mais curtida do Instagram?

Esse é um exemplo de uma estratégia criada para viralizar e que consegui tal feito, tornando-se a foto mais curtida de todos os tempos da plataforma.

A estratégia começa quando o perfil @world_record_egg, aparece no Instagram com o objetivo de tirar a socialite Kylie Jenner, que até então era dona da foto mais curtida do mundo, dessa posição.

A estratégia foi muito simples: publicar a foto de um ovo com a legenda “vamos criar um recorde juntos e ter a foto mais curtida do Instagram. Vamos vencer o recorde atual, mantido por Kylie Jenner (18 milhões)!”

O resultado, como já sabemos foi alcançado com sucesso.

Após algumas semanas, a página divulgou que tudo isso não se passou de uma campanha sobre a pressão nas redes sociais. Após a primeira postagem, o Ovo foi postado com rachaduras, e depois foi divulgado um vídeo onde ele se quebra totalmente, junto com a frase: “a pressão das redes sociais me afetou”. E recomenda “se você também estiver sofrendo, fale com alguém”. O vídeo ainda dá um endereço de um site, o www.talkingegg.info

Esses são só alguns exemplos que mostram como o marketing viral pode ser utilizado em qualquer tipo de mídia. O importante é saber que quando falamos em Marketing Viral é preciso focar no que a audiência quer ver e entender as razões pelas quais elas irão compartilhar.

Algumas dicas que gostamos de dar são:

Evite assuntos complicados e polêmicos e de gosto duvidoso;

Divulgue sua mensagem de maneira clara e bem explicada para evitar diferentes interpretações.

Isso não quer dizer que a empresa não possa trabalhar assuntos que falam sobre as diferenças, mas é preciso ter cautela e ter a certeza de que o conteúdo não abrirá espaço para interpretações não favoráveis.

Pense nos desdobramentos que seu conteúdo pode ter.

Realize testes com diferentes grupos de pessoas, para que eles apresentem suas opiniões sobre o assunto. Você não conseguirá prever todos os possíveis problemas, mas isso já ajudará a diminuir as chances de alguns erros que podem geral uma grande dor de cabeça.

Concluindo…

O marketing viral tem o objetivo de atingir uma grande massa de audiência, no entanto, os conceitos básicos na hora de montar um planejamento de marketing viral e sua estratégia ainda é a mesma. Estude seu mercado e entenda a sua marca e sempre prense no seu público, independente do tanto de pessoas que pensa em atingir. Tenha metas, trace um objetivo e um planejamento. Tenha em mente quanto tempo essa campanha tem para obter resultados e quais serão esses resultados. Realize o monitoramento, pois a qualquer sinal de resultado, bom ou ruim, sua empresa tem que estar preparada para dar uma resposta ou um feedback.

Deixe seu comentário ou compartilhe com quem precisa desse conteúdo.

E se ficou alguma dúvida entre em contato conosco. Pode ser pela aba “contato” do site ou pelas nossas redes sociais. Facebook; Instagram; LinkedIn.

Ato ID- Seu lugar no mundo!

Por: Nathalia Favareto

Analista de Marketing Digital a Ato ID.

Significados

Rock Content

Resultados Digitais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s